Telefones : (17) 3237 - 2955 | (17) 99772 - 0811

TERRITÓRIO BANAL (2012)

TERRITÓRIO BANAL (2012)

Sinopse

A peça tem como tema o próprio teatro. A história, além de abordar assuntos pertinentes ao próprio universo da criação, é pontuado pela reflexão sobre a representação, a hipocrisia e a distância entre o discurso e a prática.

A escolha de um texto que analisa, questiona e entrecorta o próprio teatro vem ao encontro do interesse do grupo no seu universo de investigações, questionamentos e autocríticas – enquanto coletivo de artistas – e de cada um dos seus integrantes em busca de um teatro verdadeiro, íntegro e transparente.

Também por se tratar de texto inédito de Marici Salomão – dramaturga brasileira, contemporânea – outra tendência do grupo.

Para a Companhia Azul Celeste, a montagem da peça desta importante dramaturga não se trata apenas de uma obra metalingüística, mas sim, de obra intralingüística, por que trata do (o) teatro de dentro para fora, das profundezas para a superfície, do micro ao macro, não se tratando portanto, do simples ato de representar o teatro no teatro.

Ficha Técnica

Texto

MARICI SALOMÃO

Estagiárias de dramaturgia

JULIA MENDES E MARIA SHU

Figurinos

LUIS ROSSI

Preparação corporal

GERRAH TENFUSS

Projeto gráfico

ANGÉLICA ZIGNANI

Fotografia

JORGE ETECHEBER

Orientação para equipamentos de Rappel

KESLER JAMAL

Produção de vídeo

SETTINGS PRODUTORA

Excerto de Videografia

STEFANO FRANCESCHETTI E CRISTIANO CARLONI

(TRAGÉDIA ENDOGONÍDIA, SOCIETAS RAFAELLO SANZIO

Produção Executiva

JORGE VERMELHO E RONALDO CELEGUINI

Direção de Produção

RONALDO CELEGUINI

Trilha Sonora e Direção Musical

RAPHAEL PAGLIUSO NETO

Movimento

VIVIEN BUCKUP

Elenco

ALEXANDRE MANCHINI, GERRAH TENFUSS, JORGE VERMELHO E RONALDO CELEGUINI

Provocação

GEORGETTE FADEL

Direção, cenografia e iluminação

JORGE VERMELHO

20 de março de 2015